Última hora

Em leitura:

Revolta e desilusão em L'Aquila


Itália

Revolta e desilusão em L'Aquila

Foram absolvidos os cientistas italianos condenados em primeira instância a dois e a seis anos de prisão por terem subestimado o risco de um terremoto em L’Aquila.

O Tribunal da Relação anulou a primeira sentença argumentando que as acusações contra os acusados não constituiem crime.

Esta decisão foi recebida com vaias por parte do público, incluindo muitos familiares das vítimas.

“ A verdade e a justiça não ganhamos. Nós sabemo é que este julgamento não nos deu a justiça. É nojento”.

Os sete membros da comissão “grande risco” seis especialistas em terremotos e Diretor Adjunto da Protecção Civil Bernardo De Bernardinis, reuniram-se em L’Aquila, seis dias antes do terremoto mortal de 06 de abril de 2009 .

Este terremoto devastou parte da cidade no centro da Itália deixou mais de 300 mortos, dezenas de milhares desabrigados e milhares de milhões de euros de prejuízos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Portugal: "Legionella" está em "desaceleração"