Última hora

Última hora

Ucrânia: Investigadores holandeses chegaram junto dos destroços do avião do voo MH17

Em leitura:

Ucrânia: Investigadores holandeses chegaram junto dos destroços do avião do voo MH17

Tamanho do texto Aa Aa

Uma equipa de investigadores holandeses e membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)pôde, esta terça-feira, chegar aos locais onde se encontram os destroços do Boeing 777 da Malysia Airlines, abatido no leste da Ucrânia.

Todas as tentativas de deslocação aos locais tinham sido até agora adiadas. A área onde caiu o avião tem estado, e continua, sob controlo dos separatistas pró-russos.

Os investigadores esperavam que os rebeldes lhes facultassem meios para transportar os maiores destroços do aparelho que se encontram espalhados entres as aldeias de Hrabove e Rozsypne.

Mas, na impossibilidade de transporte, a equipa limitou-se a sinalizar e demarcar a área.

Tudo indica que o avião que efetuava o voo MH17 da Malaysia Airlines, entre Amesterdão e Kuala Lampur foi abatido. Só a investigação poderá determinar o que se passou no dia 17 de julho, no leste da Ucrânia.

A bordo estavam 298 pessoas. Há ainda nove corpos por recuperar.