Última hora

Última hora

Multa para cinco bancos por manipulação do mercado cambial

Em leitura:

Multa para cinco bancos por manipulação do mercado cambial

Tamanho do texto Aa Aa

Os reguladores financeiros dos Estados Unidos, Reino Unido e Suíça aplicaram uma multa de 3,4 mil milhões de dólares, o equivalente a 2,7 mil milhões de euros, a cinco bancos por manipulação do mercado cambial. Trata-se do Citigroup, UBS, HSBC, JP Morgan e RBS.

O suíço UBS recebeu a maior coima. Esta ascende a 644 milhões de euros. O Citigroup terá de pagar 539 milhões, seguem-se o JP Morgan com 534 milhões, o RBS com 511 milhões e, por fim, o HSBC com 498 milhões de euros.

Martin Wheatley, chefe da Autoridade britânica de Conduta Financeira, declarou: “Os corretores puseram os seus interesses à frente do dos clientes, manipularam ou tentaram manipular o mercado, abusaram da confiança do público e dos reguladores. Os bancos falharam na implementação de um sistema adequado de controlo, o que permitiu aos corretores manipular as taxas das principais divisas mundiais. Fracassos como estes danificam seriamente a confiança no mercado e minam as tentativas para uma verdadeira reforma da cultura bancária”.

O acordo entre os cinco bancos e os reguladores é o primeiro no quadro da investigação, iniciada após o escândalo de manipulação da taxa Libor.

O mercado cambial representa cinco biliões de dólares por dia.

Os reguladores analisaram o período entre 2008 e 2013. Para outros bancos a investigação continua. É o caso do Barclays.