Última hora

Última hora

Jerusalém: Fim das restrições de acesso à mesquita de Al-Aqsa

Em leitura:

Jerusalém: Fim das restrições de acesso à mesquita de Al-Aqsa

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades israelitas levantaram as restrições de acesso à Mesquita de al-Aqsa, o terceiro local mais sagrado do Islão. Os muçulmanos, 40 mil, esta sexta-feira, voltaram a rezar no templo em Jerusalém oriental.

Há várias semanas que o acesso ao local estava limitado a homens com mais de 35 anos.

O fim das restrições foi decidido após uma reunião na Jordânia entre o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e dirigentes de Israel, da Jordânia e palestinianos.

Na Cisjordânia eclodiram confrontos, como no posto de controlo de Qalandyia. Muitas pessoas foram impedidas de aceder a Jerusalém para poder rezar na mesquita.

Em Hebron, o Hamas saiu às ruas para protestar e também entrou em confronto com as forças de segurança israelitas.

Mais uma vez assistiu-se ao arremesso de pedras de um lado e ao disparo de gás lacrimogéneo, do outro.