Última hora

Última hora

Holanda: Inúmeros detidos numa celebração de 'Pedro Preto'

Em leitura:

Holanda: Inúmeros detidos numa celebração de 'Pedro Preto'

Tamanho do texto Aa Aa

A tradição do Pedro Preto já não é o que era na Holanda. Na cidade de Gouda e com inúmeros pais e filhos a participarem numa celebração, as autoridades holandesas detiveram 60 pessoas que contestavam uma tradição com mais de 150 anos.

Apesar de hoje em dia se dizer que a face do assistente de São Nicolau é negra, por causa da fuligem das chaminés, originalmente Pedro Preto representava os escravos da Holanda colonial.

“Estou contra as faces negras, apenas isso. Nada de rostos negros”, diz uma manifestante. “Estou aqui para mostrar que nós, enquanto descendentes de escravos, que foram abusados pela Holanda, não concordamos que cerca de 300 negros que se parecem com escravos surjam agora, aqui, ao lado de São Nicolau”, adianta outro.

A resposta dos que apoiam a tradição não se fez esperar. “Todos aqueles que têm problemas com o Pedro Preto, deixem-nos em paz. Vocês podem ter as vossas tradições, e nós não?

Nos últimos anos as autoridades têm sido pressionadas a proibir o festival ou modificá-lo. Este ano falou-se em criar um ‘Pedro Laranja’, ‘Amarelo’ ou mesmo ‘Pedro Arco-íris’.