Última hora

Última hora

China e Austrália assinam acordo de livre comércio

Em leitura:

China e Austrália assinam acordo de livre comércio

Tamanho do texto Aa Aa

Reforço das relações comerciais entre China e Austrália, com a assinatura de um acordo de livre comércio.

Após uma década de discussões, o documento foi assinado pelos ministros do Comércio dos dois países, na presença do presidente chinês Xi Jinping e do primeiro-ministro australiano, Tony Abbot.

Canberra estima que os benefícios para a economia australiana poderão rondar os 14 mil milhões de euros na próxima década.

No final, 95% das exportações australianas poderão entrar na China sem taxas alfandegárias. As primeiras a serem eliminadas são as relativas ao carvão doméstico.

O acordo é crucial para a indústria mineira australiano, mas também para o setor agrícola, as empresas de produção de leite infantil e companhias de serviços, que passam a aceder ao mercado chinês.

Já a China, principal parceiro comercial de Camberra, vê reduzidos os obstáculos ao investimento na Austrália, quando procura ganhar acesso a recursos naturais e matérias-primas para impulsionar o crescimento económico.

Em 2013, as trocas comerciais entre China e Austrália ascenderam a 150 mil milhões de dólares australianos, o equivalente a 104 mil milhões de euros.