Última hora

Última hora

Roménia: Ponta reconhece vitória de Iohannis nas presidencias mas não vai demitir-se

Em leitura:

Roménia: Ponta reconhece vitória de Iohannis nas presidencias mas não vai demitir-se

Tamanho do texto Aa Aa

O cristão liberal Klaus Iohannis celebrou a vitória surpresa nas eleições presidenciais romenas com um banho de multidão numa das principais praças da capital, Bucareste.

Originário da minoria alemã, o candidato de 55 anos é desde 2000 o presidente da Câmara da cidade medieval de Sibiu, no centro do país. Iohannis prometeu defender a independência da Justiça, respondendo aos receios crescentes entre a opinião pública acerca da influência exercida pelo rival e atual primeiro-ministro, Victor Ponta.

Grande derrotado da noite eleitoral, o chefe do governo social-democrata excluiu, no entanto, demitir-se.

Ponta agradeceu “a todos os romenos que votaram”, frisando que “o povo tem sempre razão”. Felicitou Iohannis pela “vitória”, sublinhando que “enquanto estiver num cargo público”, vai “cumprir os deveres para com o país”.

Com Iohannis na presidência e Ponta na chefia do executivo, os próximos anos de governação adivinham-se complicados para a Roménia.