Última hora

Última hora

Argentina 0-1 Portugal: No duelo dos melhores do mundo, decidiu Raphaël Guerreiro

Em leitura:

Argentina 0-1 Portugal: No duelo dos melhores do mundo, decidiu Raphaël Guerreiro

Tamanho do texto Aa Aa

O amigável entre Portugal e Argentina, em Old Trafford, até pode ter sido promovido como o duelo dos dois melhores futebolistas do planeta mas no final, quem fez a diferença foi Raphaël Guerreiro.

Ainda a semana passada se estreou pela equipa das quinas e já tem uma história de ouro para contar aos netos, deu a Portugal a primeira vitória sobre a Argentina em 42 anos.

O lateral-esquerdo do Lorient marcou o único golo do encontro e logo nos descontos, quando boa parte dos espetadores presentes já se tinham resignado ao 0-0.

Ricardo Quaresma aproveitou uma bola perdida na direita para cruzar de primeira para o coração da área, onde Raphaël Guerreiro apareceu solto de marcação a cabecear para o fundo das redes. Um golo à ponta de lança que Portugal continua a não ter.

Ronaldo e Messi eram as estrelas de quem se esperavam mundos e fundos. Os dois jogadores mostraram alguns pormenores mas nenhum dos “pormaiores” que os transformaram em craques mundiais.

A equipa das quinas entrou mal, permitiu que a Argentina dominasse a seu bel-prazer, mas foi crescendo (não muito) com o passar dos minutos. Na reta final do encontro acabou por ser recompensada com o golo de Raphaaël Guerreiro. Um empate teria sido mais justo mas o futebol é assim.

A sorte da equipa das quinas acabou intimamente ligada ao azar de Tiago Gomes. O lateral do Sporting de Braga estreou-se com a camisola da seleção A mas teve de sair lesionado no início do segundo tempo. Para o seu lugar entrou o autor do único golo do encontro.

Além de Tiago Gomes, o encontro de Old Trafford ainda serviu para Fernando Santos dar as primeiras internacionalizações a José Fonte e Adrien Silva.

A estreia infeliz de Kiko Casilla

Há 34 jogos que a Espanha não perdia em casa e esteve a um par de minutos de aumentar a série para 35. Toni Kroos deu a vitória à Alemanha com um remate de fora da área ao cair do pano, Kiko Casilla, que se estreou na baliza espanhola, podia ter feito melhor.

Nos outros encontros da noite, a Sérvia venceu por 2-0 na Grécia, num duelo entre duas equipas que ficaram sem selecionador esta semana.

Na rivalidade mais velha do futebol mundial, a Inglaterra foi a Glasgow derrotar a Escócia por 3-1.

Resultados
Espanha 0-1 Alemanha
Portugal 1-0 Argentina
Grécia 0-2 Sérvia
Ucrânia 0-0 Lituânia
Hungria 1-2 Rússia
Áustria 1-2 Brasil
Itália 1-0 Albânia
Irão 1-0 Coreia do Sul
França 1-0 Suécia
Escócia 1-3 Inglaterra
Bielorússia 3-2 México
Eslovénia 0-1 Colômbia
Estónia 1-0 Jordânia
Roménia 2-0 Dinamarca
Irlanda 4-1 EUA
Polónia 2-2 Suíça
Japão 2-1 Austrália
Tailândia 2-0 Nova Zelândia
China 0-0 Honduras
Eslováquia 2-1 Finlândia