Última hora

Última hora

Espanha: Parlamento quer que o governo reconheça estado palestiniano

Em leitura:

Espanha: Parlamento quer que o governo reconheça estado palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados espanhóis querem que o governo de Madrid reconheça oficialmente o estado da Palestina.

A mensagem foi enviada através de uma moção, que obteve 319 votos a favor, dois contra e uma abstenção.

Como seria de esperar, Israel não tardou a reagir e fê-lo através do prota-voz do ministro dos Negócios Estrangeiros, Emmanuel Nahshon:

“Penso que estas declarações dos parlamentos através da Europa só contribuem para que os palestinianos tenham o sentimento de que não têm que negociar”.

Os parlamentos do Reino Unido e da Irlanda fizeram o mesmo pedido aos respetivos governos; o de França prepara-se para avançar com a moção; a Suécia já reconheceu oficialmente o estado palestiniano.

Hanan Ashrawi, da Autoridade Palestiniana,diz que “este é o momento para um compromisso positivo e para o investimento apenas na paz, de outra forma Israel vai prosseguir as políticas de destruição das hipóteses de um estado palestiniano viável”.

Mas não basta querer. Todos sabem que há grandes dificuldades para lá chegar, entre elas o estatuto de Jerusalém e a forte implantação dos colonatos judeus nos territórios ocupados da Cisjordânia.