Última hora

Última hora

Acordo sobre nuclear iraniano poderá ser adiado para março

Em leitura:

Acordo sobre nuclear iraniano poderá ser adiado para março

Tamanho do texto Aa Aa

A diplomacia da União Europeia fala esta noite de uma fase decisiva nas negociações sobre o programa nuclear iraniano, retomadas terça-feira em Viena. Os responsáveis iranianos, norte-americano e europeus voltam a reunir-se esta quinta-feira na capital austríaca sem, no entanto, parecerem próximos de chegar a um acordo antes da data limite fixada para um entendimento, na próxima segunda-feira.

Algumas fontes falam da possibilidade de prolongar as discussões até março, uma possibilidade rejeitada já pela Rússia.

Entre as questões pendentes, encontra-se a ausência de esclarecimentos de Teerão sobre um alegado programa para desenvolver uma bomba nuclear, como lembrou hoje o responsável da Agência Internacional de Energia Atómica, Yuki A Mano.

Os líderes ocidentais estão prontos a levantar gradualmente as sanções contra Teerão, mas só com a garantia de que o país vai suspender as atividades de enriquecimento de urânio, como recordou John Kerry em Paris:

“Queremos um acordo mas não qualquer acordo, tem que ser um acordo que funcione e que cumpra o objetivo de garantir que o Irão não vai construir uma bomba nuclear”.

O debate parece encontrar-se no mesmo impasse que nos últimos 12 anos com o Irão a não querer abdicar do enriquecimento de urânio indefinidamente, quando o país continua a reclamar o direito à energia nuclear para fins civis.