Última hora

Última hora

Os bávaros imparáveis e a primeira mordidela de Suárez

Em leitura:

Os bávaros imparáveis e a primeira mordidela de Suárez

Tamanho do texto Aa Aa

O futebol europeu regressou ao normal depois dos jogos de qualificação para o Euro 2016 e para algumas equipas foi como se a pausa internacional não tivesse existido.

É o caso do Bayern, que somou a nona vitória e segue invicto rumo ao 25º título de alemão. A equipa de Pep Guardiola impressiona pela consistência defensiva.

Apesar da onda de lesões (Javi Martínez, Holger Badstuber, David Alaba, Thiago Alcântara…), os bávaros sofreram apenas três golos em 12 encontros na Bundesliga.

A última vítima dos bávaros foi o Hoffenheim, que saiu da Allianz Arena goleado por quatro bolas a zero. À 12ª jornada a equipa de Pep Guardiola tem já uma vantagem de sete pontos sobre o segundo classificado Wolfsburg, que foi derrotado pelo Schalke.

O Borussia Dortmund, que em teoria seria o principal adversário do Bayern, não foi além de um empate em Paderborn e voltou a cair para os lugares de descida.


Na Holanda, o Groningen interrompeu uma série de cinco vitórias do PSV. A equipa de Eindhoven até se colocou em vantagem com um golo de Luuk de Jong mas deixou-se empatar a sete minutos dos noventa. Michael de Leeuw foi o herói para a equipa da casa. O PSV continua em primeiro, tem agora dois pontos de vantagem sobre o Ajax, que goleou o Heerenveen.

Ases e Azelhas

Esta semana destacamos dois jogadores que garantiram um lugar na história com os seus golos, e outros dois que se lesionaram e passarão os próximos meses no estaleiro.

Lionel Messi apontou um hat trick frente ao Sevilha e atingiu a marca de 253 golos na Liga espanhola, ultrapassando o recorde do lendário Telmo Zarra.

Em Itália, Antonio di Natale teve dois motivos para festejar no empate frente ao Chievo. Completou o jogo 400 na Serie A e apontou o golo 200 no principal escalão do futebol transalpino.

Os azarados da semana são Luka Modric e Philipp Lahm, ambos lesionados e ambos com três meses de recuperação pela frente. O croata lesionou-se ao serviço da seleção e como tal irá proporcionar uma receita extra ao Real Madrid.

O alemão já se deixou do futebol internacional mas nem por isso teve mais sorte. Lesionou-se num treino do Bayern de Munique, juntando o seu nome a uma longa lista.

Neste dia…

É impossível esquecer a mordidela de Luis Suárez a Giorgio Chiellini no último Campeonato do Mundo mas as tendências “canibais” do uruguaio já eram conhecidas há quatro anos.

A 24 de novembro de 2010, Luis Suárez foi castigado em sete jogos por morder Otman Bakkal. O holandês brilhava com a camisola do Ajax mas a única marca que conseguiu deixar no nulo frente ao PSV foi no ombro do médio holandês.

Não mais voltaria a vestir a camisola da equipa de Amesterdão. Em janeiro transferiu-se para o Liverpool, onde voltou a fazer manchetes pelas suas ações com os pés… e ocasionalmente com os dentes.


Luis Suarez bites Otman Bakkal par lemarswayer

Provavelmente estamos errados

Nas últimas duas semanas acertámos dois resultados e acreditem, para nós, isso é bastante. É também motivo suficiente para continuarmos a tentar.

O Valência foi a equipa sensação no início da Liga Espanhola mas tem vindo a perder gás nos últimos jogos. A receção ao Barcelona está longe de ser o encontro ideal para dar um pontapé na crise. Acreditamos que os catalães vão vencer o encontro por três bolas a uma.

Pode-se juntar à festa e partilhar os seus prognósticos nas redes sociais, usando a hashtag #TheCornerScores.