Última hora

Última hora

Primeira mulher italiana na Estação Espacial Internacional

Em leitura:

Primeira mulher italiana na Estação Espacial Internacional

Tamanho do texto Aa Aa

A nave russa Soyuz TMA-15M, com três tripulantes a bordo, acoplou domingo à Estação Espacial Internacional (EEI).

O russo Anton Shkaplerov, a italiana Samantha Cristoforetti e o norte-americano Terry Virts juntaram-se aos três tripulantes a bordo da plataforma orbital.

A Estação Espacial Internacional orbita a uma velocidade superior a 27 mil quilómetros por hora, a 400 quilómetros de distancia da Terra.

Ao todo, 16 países colaboram na manutenção da Estação Espacial Internacional, com os Estados Unidos e a Rússia a financiarem a maior parte da estrutura, ocupada por uma equipa de seis astronautas, em períodos rotativos de seis meses.

Samantha Cristoforetti, astronauta da Agência Espacial Europeia, é a primeira mulher italiana a viajar para o espaço. Na bagagem, a astronauta de 37 anos, levou uma máquina de café especial, a “ISSpresso”, com a qual os astronautas poderão beber, pela primeira vez, um café expresso na plataforma orbital, fintando a “gravidade zero”.

Além da máquina de café, de 20 quilos, foram também enviados para a Estação Espacial meio quilo de caviar, maçãs, laranjas, limões, tomates e chá preto sem açúcar.