Última hora

Última hora

Em leitura:

"Africa Stop Ebola": Artistas africanos unidos contra o vírus


le mag

"Africa Stop Ebola": Artistas africanos unidos contra o vírus

Alguns dos mais icónicos músicos africanos da atualidade juntaram-se para gravar “Africa Stop Ebola”, uma canção cujos lucros revertem para o combate ao vírus, que já matou mais de 5000 pessoas na África Ocidental.

O tema é, em certa medida, uma resposta à nova versão de “Do they know it’s Christmas”, de Bob Geldof com a Band Aid, uma canção cuja letra está a ser considerada um insulto aos africanos.

A diva africana Barbara Kanam, considera que é necessário “parar de estigmatizar África, porque temos sempre tendência a dizer que tudo o que é negativo vem de África. África é pobreza, mas não é só um continente pobre, não é um continente onde apenas há o ébola, existem outras coisas, existem artistas capazes de se mobilizar”, afirmou.

Cantada em francês e em idiomas locais, “Africa Stop Ebola” conta com a participação, entre outros, dos Salif Keita, Oumou Sangare ou ainda Mory Kante, da Guiné-Conacri.

A letra dá conselhos à população sobre como evitar o contágio. O cantor guineense quer que “a informação seja difundida por todo o lado” e considera que “a arte e a cultura são o caminho mais rápido para comunicar com os aldeões, de forma a que compreendam a importância de de evitar este flagelo”.

Segundo os produtores, “Africa Stop Ebola” já vendeu mais de 250.000 exemplares desde o lançamento no início de novembro. Os lucros serão entregues aos Médicos Sem Fronteiras.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Protestos em Hong Kong: Preservar os objetos simbólicos

le mag

Protestos em Hong Kong: Preservar os objetos simbólicos