Última hora

Última hora

Caso BES: Dois dirigentes do Novo Banco foram constituídos arguidos

Em leitura:

Caso BES: Dois dirigentes do Novo Banco foram constituídos arguidos

Tamanho do texto Aa Aa

Dois diretores do antigo BES e que transitaram para o Novo Banco foram constituídos arguidos, após a megaoperação desta quinta-feira.

Cerca de 200 inspetores e 14 procuradores participaram nas buscas a 40 locais, incluindo às sedes do antigo BES e do Novo Banco e à casa de Ricardo Salgado. Foram apreendidos cinco milhões de documentos.

A justiça tenta apurar alegadas irregularidades cometidas pelos dirigentes do antigo BES.

Eduardo Stock da Cunha, presidente do Novo Banco, está disposto a colaborar com as autoridades mas distancia-se: “Ao BES o que é do BES, ao novo Banco o que é do Novo Banco. O Novo Banco nasceu no princípio de agosto. Estamos a falar de situações anteriores a agosto de 2014. Não é nada connosco”.

As investigações estão a ser conduzidas pelo Departamento de Investigação e Ação Penal, após a queixa-crime apresentada pelo Banco de Portugal.

O dossiê está nas mãos do juiz Carlos Alexandre. Em causa estão suspeitas de crimes de burla qualificada, abuso de confiança, falsificação de documentos, branqueamento de capitais e fraude fiscal.