Última hora

Última hora

Egito: veredicto de Mubarak indignou familiares das vítimas

Em leitura:

Egito: veredicto de Mubarak indignou familiares das vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

Os familiares das vítimas da revolução egípcia, que acusaram Hosni Mubarak do assassínio de manifestantes, mostram-se indignados com o desfecho do processo judical que sentou o anti presidente no bancos dos réus.

“Isto é injusto. Nós não merecemos isso da parte do sistema judiciário egípcio. Nós não merecemos tal veredicto depois de esperar durante quatro anos.”

“Foi um erro termos tomado as ruas dia 25. Não devíamos ter protestado, nem devíamos ter exigimos os nossos direitos, porque agora eles estão a tentar convencer-nos de que estamos errados e absolveram-nos”.

Do outro lado da barricada estão os apoiantes do antigo ditador que não perderam tempo a celebrar o veredicto desta manhã.

“Graças a Deus pela justiça. Mubarak ganhou e recuperou os seus direitos. O Egito tem agora a sua vingança sobre a conspiração 25 de janeiro.”

“Bravo ao sistema judiciário e parabéns ao presidente Mubarak depois quatro anos de sofrimento. Graças a Deus ele é vitorioso e graças a Deus a verdade é revelada. Agora nós gostaríamos que ele fosse honrado.”

Mais de 840 pessoas morreram nos 18 dias da revolta popular de 2011 contra o regime de Mubarak.