Última hora

Última hora

Moldávia: Eleições para decidir caminho europeu ou russo

Em leitura:

Moldávia: Eleições para decidir caminho europeu ou russo

Tamanho do texto Aa Aa

Chegou a hora da decisão para a Moldávia. Este domingo três milhões de eleitores são chamados às urnas para decidirem o futuro governo do país, mas em jogo está mais do que isso.

À semelhança da vizinha Ucrânia, a antiga república soviética deve decidir se abraça a integração europeia ou segue os passos de associação com a Rússia de Putin.

De um lado está uma coligação pró-europeia, marcada por antagonismos, do outro, partidos que optam pelo apoio de Moscovo, mas sem coligação será difícil controlar o poder em Chisinau.

“Uma coligação é muito difícil por causa de diferenças entre os três partidos pró-russos. É um antagonismo que foi impossível de ultrapassar, por isso é que estava muito calmo em relação à participação pró-russa nesta campanha eleitoral, afirma Igor Botan, analista do ‘think tank’ ADEPT.

No sábado, a comissão eleitoral baniu um partido pró-russo por alegado financiamento estrangeiro.

O enviado da Euronews, Sérgio Cantone, afirma que “uma polémica sobre a legitimidade dos processos eleitorais são habitualmente um mau auspício para a estabilidade dos países. E isso aplica-se também na Moldávia, especialmente se tivermos em conta o que acontece, neste momento, no leste Europeu.