Última hora

Última hora

Alemanha: Pilotos da Lufthansa em greve

Em leitura:

Alemanha: Pilotos da Lufthansa em greve

Tamanho do texto Aa Aa

A greve decretada por um dos principais sindicatos de pilotos alemães levou ao cancelamento de metade dos voos da Lufthansa previstos para hoje e afetou 150 mil passageiros.

A paralisação, decretada por discordância com as condições de reforma, prolongar-se-á até terça-feira e afeta os voos de curta e média distância na Alemanha e as ligações aéreas de longo curso.

“Eles já ganham bem. Podem voar até aos 65. Não digam que só podem voar até aos 55 porque ninguém acredita que isso seja necessário”, disse uma passageira retida no aeroporto de Munique

“É uma greve de alto nível e começo a estar farto. Por outro lado, compreendo quem defende os seus direitos, mas é sempre à custa das pessoas que como eu viajam de avião ou de comboio. Começa a ser demasiado”, sublinhou uma passageiro em Frankfurt.

Até agora, os cerca de 5.400 pilotos da Lufthansa podiam deixar de trabalhar a partir dos 55 anos recebendo 60% do salário base, mas a empresa pretende subir a idade de reforma para um mínimo de 60 anos.