Última hora

Última hora

Governo britânico alivia austeridade, para alguns

Em leitura:

Governo britânico alivia austeridade, para alguns

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico reconhece que o défice público será maior do que o previsto este ano. Mas, a cinco meses das eleições, o ministro das Finanças abre o cinto da austeridade, com uma redução dos impostos para quase todos os proprietários.

No ano fiscal 2014/2015, o défice deverá situar-se nos 5% do PIB, contra 5,6% em 2013/2014.

Londres espera atingir um excedente orçamental em 2018/2019.

Face ao Parlamento, George Osborne afirmou: “Passar do vermelho para um excedente orçamental pela primeira vez numa geração: é um país que inspira confiança, porque procura viver com os seus meios”.

Para compensar o recuo dos impostos sobre a maioria das aquisições imobiliárias, o executivo de Cameron anuncia uma subida dos impostos para multinacionais e bancos.

As multinacionais vêm subir para 25% o imposto sobre os lucros e os bancos terão de pagar mais 4 mil milhões de libras nos próximos cinco anos.