Última hora

Última hora

Chipre: Ancara e Atenas tentam dissipar tensão

A tensão gerada pelos últimos acontecimentos em Chipre não vai hipotecar as relações entre a Grécia e a Turquia. A garantia foi dada por Samaras e Davutoglu, em Atenas, no segundo e último dia, da Cim

Em leitura:

Chipre: Ancara e Atenas tentam dissipar tensão

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia e a Grécia querem reforçar a cooperação bilateral apesar das diferenças políticas.

Atenas não esquece a incursão do barco turco em águas cipriotas, em outubro, numa zona com importantes reservas de gás natural, mas a terceira Cimeira de Cooperação entre os dois países ficou marcada pela determinação em ultrapassar as divergências.

A Grécia promete, mesmo, continuar a apoiar as ambições da Turquia no processo de adesão à União Europeia.

“Reconheço que não estamos de acordo em algumas questões, mas queremos criar uma relação assente no respeito mútuo” afirma o primeiro-ministro grego, Antonis Samaras.

O homólogo turco, Ahmet Davutoglu, adianta que “dois países vizinhos podem ter diferentes opiniões, mas que o mais importante é forma como resolvem as divergências.”

Euronews: “apesar das diferenças em relação aos últimos acontecimentos em Chipre, os políticos tentaram salvar o dia com o anúncio de várias iniciativas para diminuir a tensão na região e reforçar a cooperação económica entre os dois países.”