Última hora

Última hora

Liga Portuguesa, J12: Porto e Sporting aproximam-se do topo mas Benfica continua tranquilo

Benfica, Porto e Sporting não sentiram grandes dificuldades para conquistar os três pontos na 12ª jornada da Liga Portuguesa.

Em leitura:

Liga Portuguesa, J12: Porto e Sporting aproximam-se do topo mas Benfica continua tranquilo

Tamanho do texto Aa Aa

Chapa três. Benfica, Porto e Sporting não sentiram dificuldades para conquistar os três pontos na 12ª jornada e se no caso das águias, o triunfo frente ao Belenenses apenas serviu para consolidar a liderança, dragões e leões aproveitaram ambos os deslizes de terceiros para subir na tabela.

O Sporting foi o primeiro dos três grandes a entrar em campo, logo na sexta-feira, no Bessa, e apesar da vitória categórica, nem tudo foram rosas para a equipa de Marco Silva. À meia hora de jogo, Nani saiu lesionado e apesar de não existir uma data prevista para o regresso, é praticamente certo que falhará o jogo de Stamford Bridge, onde os leões jogam o tudo ou nada na Liga dos Campeões.

No meio do azar, acabaram por ter alguma sorte. André Carrillo entrou para o lugar do português e esteve verdadeiramente endiabrado. Marcou o primeiro golo do encontro e ofereceu os restantes a Mané e João Mário. Jonathan Silva ainda marcou na própria baliza mas o Boavista já tinha baixado os braços.

Com este triunfo a equipa leonina subiu à quarta posição, aproveitando o empate do Sporting de Braga na receção ao Vitória de Guimarães e a derrota do Belenenses na Luz.

A equipa do Restelo começou a perder ainda antes do pontapé de saída, ao abdica de utilizar duas peças fundamentais, Miguel Rosa e Deyverson, devido a um suposto «acordo de cavalheiros». Na tentativa de «proteger» dois jogadores que passaram pelos encarnados, «queimaram» os 14 jogadores que efetivamente pisaram o relvado da Luz.

A equipa de Lito Vidigal entrou em campo disposta a conquistar um pontinho mas a resistência durou pouco mais que uma hora. Lima quebrou o jejum com um golo de cabeça. Feito o mais difícil, o Benfica embalou para uma vitória por 3-0. Enzo Pérez e Toto Sálvio marcaram os restantes.

Em Coimbra, o Porto também não sentiu grandes dificuldades para conquistar os três pontos frente à Académica, que ainda não venceu nenhum encontro perante os seus adeptos. Jackson Martínez voltou a estar em grande nível e desfez todas as dúvidas em relação ao vencedor do encontro com dois golos no primeiro tempo. Hector Herrera, logo a abrir a segunda metade, estabeleceu o resultado final. Benfica e Porto não desarmam pelo que se prevê um duelo escaldante no próximo domingo no Estádio do Dragão.

Com o triunfo em Coimbra, os dragões subiram à segunda posição uma vez que o Vitória de Guimarães não foi além de um nulo em Braga.

O dérbi minhoto foi marcado por muita luta, como é habitual e três cartões vermelhos. Golos, é que nem vê-los. Ainda assim, o treinador dos arsenalistas não deixou de provocar os vimaranenses, afirmando que no fim da época estarão certamente à frente dos rivais.

Nos restantes encontros, destaque para a vitória do Penafiel em Arouca. Capela apontou o tento solitário do encontro logo aos 12 minutos. Apesar de derrotado em casa pela equipa que ocupava a última posição, Pedro Emanuel não se mostrou preocupado por perder três pontos frente a um adversário direto na luta pela manutenção.

A lanterna vermelha está agora nas mãos do Gil Vicente. A equipa de Barcelos foi a Vila do Conde empatar a zero e ainda não sabe o que é vencer esta temporada.

Em Moreira de Cónegos, a equipa da casa impôs-se ao Paços de Ferreira por 2-0 e segue tranquila a meio da tabela. Quem parece recuperar pouco a pouco é o Estoril, que recebeu e venceu o Vitória de Setúbal pela margem mínima.

A 12ª jornada ficou completa com o dérbi da Madeira. Nacional e Marítimo tiveram ambos oportunidades para inaugurar o marcador no primeiro tempo mas o nulo persistiu até ao descanso.

Na segunda parte só deu Nacional. A equipa de Manuel Machado construiu uma vitória confortável por 3-0 com golos de Willyan e Marco Matias. O extremo português fez por duas vezes o gosto ao pé. Ambas as equipas seguem tranquilas a meio da tabela.