Última hora

Última hora

"Wild": Reese Witherspoon no trilho de mais um Óscar

Em leitura:

"Wild": Reese Witherspoon no trilho de mais um Óscar

Tamanho do texto Aa Aa

Reese Witherspoon trilhou um longo caminho desde que se tornou famosa em “Legalmente Loira”, há mais de uma década. Agora a atriz e produtora aposta numa caminhada de um género diferente. “Wild” é baseado na história verídica de Cheryl Strayed que para se reencontrar, depois de uma vida marcada pela morte, drogas e sexo, efetua uma caminhada do México ao Canadá pelo trilho do Pacífico.

Reese Witherspoon, atriz e produtora:

“- O filme explora tantos temas que eu penso que seria muito importante para as pessoas vê-lo. Quer seja a exploração da sexualidade da mulher ou a ideia que não podemos ficar embaraçados ou envergonhados com as experiências que tivemos na vida, que são cumulativas e por isso fazem parte do que nos tornámos.”

Depois da morte da mãe, Cheryl Strayed cai na dependência da heroína e o seu casamento acaba por se afundar. Aos 22 anos, a autora do argumento decide partir sozinha à conquista do Pacific Crest Trail: uma terapia de quase 1800 km.

Para retratar fielmente a história de Cheryl Strayed, Reese Witherspoon foi ousada na interpretação, como explica o realizador, o canadiano Jean-Marc Vallée:

“- Foi fácil, eu não a forcei a não usar maquilhagem ou a não se parecer com nada, a fazer cenas nuas ou cenas de droga completamente nua ou em topless. Fazia parte da história. O filme chama-se Selvagem, não se chama Fácil, nem Divertido, nem Seguro: é Selvagem!”

“Wild” tem a estreia nos cinemas portugueses agendada para o dia 19 de fevereiro.