Última hora

Última hora

Árvores de Natal casam o estilo barroco com o contemporâneo

Em leitura:

Árvores de Natal casam o estilo barroco com o contemporâneo

Tamanho do texto Aa Aa

O Natal chegou ao castelo-museu de Nagytétény, um dos grandes monumentos de arquitetura barroca na Hungria. Todos os anos o castelo abre as portas a

O Natal chegou ao castelo-museu de Nagytétény, um dos grandes monumentos de arquitetura barroca na Hungria. Todos os anos o castelo abre as portas a um seleto grupo de artistas contemporâneos para decorarem 26 árvores de Natal. Cada uma deve refletir o estilo do quarto onde está instalada. Natalia Gyulai é uma das artistas convidadas:

“- O rococó é o meu período favorito: um estilo de vida fácil, riqueza, luxo e moda grandiosa. Decorei a árvore de Natal com penas de Marabu rosa. As penas exóticas são sempre caras e grandiosas, por isso encaixam no estilo rococó do mobiliário. A pomba branca simboliza o Espírito Santo, o amor e a felicidade na arte religiosa.”

A feminilidade é um elemento importante do barroco francês para Sara Gink, a jovem artista que escolheu o quarto do barroco francês para uma árvore de Natal muito especial:

“- O hedonismo extremo do barroco tardio pode ser visto nesta árvore de Natal. As hortênsias simbolizam feminilidade e o líquen rosa da Islândia representa o hedonismo. Decorei a árvore com cravinho mas foi bastante cansativo fixar cada botão nos fios. O cravo-da-índia simboliza o Natal. O perfume que resulta da mistura do pinheiro e do cravinho é muito agradável.”

A exposição está patente ao público até ao dia 4 de janeiro. Os visitantes poderão igualmente apreciar a coleção permanente de mobiliário secular.