Última hora

Última hora

Einstuerzende Neubauten evocam Primeira Guerra Mundial em "Lament"

Em leitura:

Einstuerzende Neubauten evocam Primeira Guerra Mundial em "Lament"

Tamanho do texto Aa Aa

Os tenores da música concreta, os alemães Einstuerzende Neubauten, assinalaram o centenário do início da Primeira Guerra Mundial, com uma performance

Os tenores da música concreta, os alemães Einstuerzende Neubauten, assinalaram o centenário do início da Primeira Guerra Mundial, com uma performance intitulada “Lament”. A obra, apesar de lançada em disco, é sobretudo para ser apresentada ao vivo.

Blixa Bargeld, vocalista:

“- Foi montado um leviatã no palco, grandes peças de metal com correntes penduradas. Tudo se move. E eu apenas mostro cartazes, um pouco brechtiano ou um pouco Bob Dylan se quiser. Mostro cartazes com textos porque não quero cantar, só quero mostrar os cartazes. Ao mesmo tempo ouvimos os comentários do encenador a explicar o que se passa no palco como se fosse um falso poema expressionista alemão acerca da guerra.”

“Lament” retrata o conflito sem ponta de patriotismo. Algo natural para uma banda que não se sente verdadeiramente alemã.

Blixa Bargeld, vocalista:

“- Nós fomos certamente uma das primeiras bandas alemãs a fazer uma carreira internacional. O sucesso que conseguimos no estrangeiro foi sempre maior e sempre fomos mais respeitados lá fora do que na Alemanha Ocidental. Eu prefiro que digam que somos uma banda de Berlim Ocidental porque durante muito tempo não tocámos na Alemanha Ocidental porque era sempre estúpido.”

A banda do antigo guitarrista dos Bad Seeds de Nick Cave foi entretanto obrigada a cancelar os concertos agendados até ao final do ano. Blixa Bargeld partiu uma perna durante um concerto, em Roma, no final de novembro.