Última hora

Última hora

Palestina: Controvérsia em torno das causas da morte do ministro Ziad Abu Ein

Mesmo após a autópsia, israelitas e palestinianos não se entendem sobre as causas da morte de Ziad Abu Ein, o ministro palestiniano falecido durante uma manifestação

Em leitura:

Palestina: Controvérsia em torno das causas da morte do ministro Ziad Abu Ein

Tamanho do texto Aa Aa

Largas centenas de pessoas nas ruas de Ramallah para uma última homenagem a Ziad Abu Ein, o ministro palestiniano falecido, esta quarta-feira, durante uma manifestação.

A morte do ministro – um histórico do movimento nacionalista Al Fatah, principal partido da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) – veio aumentar a tensão entre israelitas e palestinianos

Tanto mais que os dois campos apresentam versões contraditórias da causa da morte, mesmo após a autópsia, realizada por médicos-legistas palestinianos, jordanos e israelitas.

O governo palestinaiano acusa Israel de “responsável do assassínio” do Abu Ein, falecido devido à violência dos soldados israelitas e ao gás lacrimogénio inalado. Para os israelitas, o ministro – que sofria de problemas cardíacos – sucumbiu a um enfarte do miocárdio durante a manifestação.

O presidente Mamud Abbas declarou três dias de luto nacional.