Última hora

Última hora

Coro de críticas contra o Papa Francisco após recusa de audiência a Dalai Lama

O Papa Francisco no centro das críticas por parte dos laureados com o prémio nobel da paz reunidos em Roma para uma conferência. O líder espiritual

Em leitura:

Coro de críticas contra o Papa Francisco após recusa de audiência a Dalai Lama

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco no centro das críticas por parte dos laureados com o prémio nobel da paz reunidos em Roma para uma conferência.

O líder espiritual tibetano, Dalai Lama, pediu um encontro ao chefe da igreja católica mas foi informado que não seria possível.

O Sumo Pontífice negou audiência privada alegando que não queria afetar ainda mais as relações já complicadas da Santa Sé com a China, segundo informação oficial do Vaticano.

Jody Williams, 1997 Prémio Nobel da Paz questiona-se: “O que significa isto? Onde está a convicção? Onde está a verdade? Onde está a moralidade quando o líder espiritual em Roma se curva de uma forma ou outra à pressão económica da China. Isso é uma espécie de batalha”.

Uma porta-voz da Santa Sé declarou que decisão de recusar a audiência a Dalai Lama “não foi tomada por medo, mas para evitar o sofrimento daqueles que já estão sofrendo”, numa referência aos católicos na China que são leais ao Papa.

O Vaticano, que não tem relações diplomáticas formais com a China desde que o Partido Comunista assumiu o poder em 1949, tem tentando uma maior aproximação com Pequim.

O último encontro entre um líder do Vaticano e o Dalai Lama, que fugiu para a Índia depois de uma revolta fracassada contra o domínio chinês no Tibete em 1959, aconteceu em 2006, com Bento XVI.