Última hora

Última hora

As obras do artista e sacerdote que deu a volta ao mundo cinco vezes

Em leitura:

As obras do artista e sacerdote que deu a volta ao mundo cinco vezes

Tamanho do texto Aa Aa

O Museu de Arte Moderna em Moscovo exibe uma exposição do artista, sacerdote e viajante russo Fyodor Konyukhov. A mostra é o resultado de vários anos

O Museu de Arte Moderna em Moscovo exibe uma exposição do artista, sacerdote e viajante russo Fyodor Konyukhov.

A mostra é o resultado de vários anos anos de expedições. Aos 63 anos, Konyukhov é o único russo a ter escalado os sete cumes, as montanhas mais altas de cada continente.

Konyukhov é autor de mais de três mil obras e tornou-se sacerdote em 2010.

“As minhas fontes de inspiração são o trabalho criativo, a ciência, o desporto e estes recordes que honram a Rússia. Durante as viagens, rezo, sou crente e servidor de Deus”.

Unindo vigor físico e o poder espiritual, o viajante realizou várias proezas.

Além da escalada dos sete cumes, o artista russo deu a volta ao mundo cinco vezes e atravessou o Atlântico 17 vezes.

Numa dessas viagens, bateu um recorde ao percorrer o Atlântico sozinho num barco a remos em 46 dias.

A exposição pode ser visitada no Museu de Arte Moderna de Moscovo até 25 de janeiro.