Última hora

Última hora

Foi encontrado morto o homem que matou a família na Pensilvânia

Nos Estados Unidos, o homem suspeito de ter matado seis membros da família e sobre o qual a polícia tinha lançado uma verdadeira caça, foi

Em leitura:

Foi encontrado morto o homem que matou a família na Pensilvânia

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos, o homem suspeito de ter matado seis membros da família e sobre o qual a polícia tinha lançado uma verdadeira caça, foi encontrado morto.

O procurador do condado de Bucks, na Pensilvânia, indicou que o corpo do ex-marine, Bradley William Stone, de 35 anos, foi encontrado numa floresta próximo do seu domicílio em Pennsburg, 80 quilómetros a noroeste de Filadélfia. Stone ter-se-à suicidado.

Na noite de domingo para segunda-feira, o ex-militar, que serviu no Iraque em 2008 e sofria de stress pós-traumático, matou a sogra, a cunhada, o cunhado, uma sobrinha, a ex-mulher e a avó da ex-mulher.

Depois de matar a ex-mulher entregou as duas filhas a uma vizinha.

As razões porque terá decidido matar a família são desconhecidas. De acordo com vários testemunhos, tinha relações muito tensas com a ex-mulher por causa da guarda das filhas e ela, Nicole Hill, afirmava ter receio que ele a matasse.