Última hora

Última hora

Migração: Milhares protestam contra 'muro da vergonha' em Calais

O dia internacional dos migrantes serviu de mote para centenas de pessoas se manifestarem num dos pontos mais problemáticos da imigração clandestina

Em leitura:

Migração: Milhares protestam contra 'muro da vergonha' em Calais

Tamanho do texto Aa Aa

O dia internacional dos migrantes serviu de mote para centenas de pessoas se manifestarem num dos pontos mais problemáticos da imigração clandestina na Europa: Calais, em França.

O protesto serviu para denunciar a construção de um muro franco-britânico em torno do porto da cidade francesa, local que muitos migrantes usam para atingir o Reino Unido, considerado um “eldorado” para o clandestinos.

“O princípio da livre circulação de pessoas que foi acordado na União Europeia não foi implementado corretamente durante anos. Instalámos medidas de segurança e toda a gente vê que não houve qualquer efeito de disuasão, é caro e provoca inúmeras mortes. Por isso, está altura de se mudar, porque os conflitos em torno do mediterrâneo não vão terminar já amanhã”, afirma Jean Rousseau, presidente do grupo Emmay Internacional, que organizou o protesto.

O projeto de construção foi decidido em setembro entre Londres e Paris e destina-se a evitar a infiltração de migrantes.

Milhares de clandestinos acampam nas imediações do porto e tentam a sorte, seja infiltrados em camiões, seja por mar.

Muitos acabam por morrer.