Última hora

Última hora

Serviços secretos ucranianos detêm mulher suspeita de preparar ataque terrorista em Kiev

Os serviços secretos ucranianos dizem ter impedido um ataque terrorista provavelmente orquestrado pela Rússia em pleno centro de Kiev. Uma mulher

Em leitura:

Serviços secretos ucranianos detêm mulher suspeita de preparar ataque terrorista em Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços secretos ucranianos dizem ter impedido um ataque terrorista provavelmente orquestrado pela Rússia em pleno centro de Kiev.

Uma mulher, proveniente da região separatista de Lugansk, foi detida na passada quarta-feira na capital, perto da emblemática Praça Maidan, em posse de um saco carregado de explosivos.

Markiyan Lubkivsky, conselheiro do chefe do Serviço de Segurança Ucraniano, disse em conferência de imprensa que “no total, havia mais de três quilos de dinamite, equivalente a 30 granadas. Se tivesse ocorrido um ataque terrorista, teria sido inevitável um grande número de vítimas”.

As autoridades apresentaram fotografias e resultados dos exames efetuados ao saco suspeito antes de ter sido realizada uma detonação controlada.

A mulher detida foi identificada como Anastasia Kovalenko. No extrato do vídeo do interrogatório divulgado durante a conferência de imprensa, a suspeita faz referência a um indivíduo com o nome de código “Konstantin” que lhe terá dado o saco com a indicação de que “o que se encontrava no interior iria causar grande desconforto aos ucranianos”. Ela admite ainda que “sabia que havia explosivos no saco”.

Segundo as autoridades ucranianas, citadas pelo jornal “Kiev Post”, “Konstantin” será um agente dos serviços secretos russos.