Última hora

Última hora

Atirador tinha anunciado intenção de matar dois polícias em Nova Iorque

Dois polícias de Nova Iorque foram mortos a tiro em Brooklyn por um homem que, horas antes, tinha anunciado nas redes sociais a intenção de cometer o

Em leitura:

Atirador tinha anunciado intenção de matar dois polícias em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Dois polícias de Nova Iorque foram mortos a tiro em Brooklyn por um homem que, horas antes, tinha anunciado nas redes sociais a intenção de cometer o crime.

O atirador alvejou os dois agentes à queima-roupa, quando estes se encontravam no interior de um carro-patrulha, estacionado no bairro de Bedford Stuyvesant. Depois fugiu para uma estação de metro, onde acabou por se suicidar.

Identificado como Ismaaiyl Brinsley, de 28 anos, o homem tinha alvejado na madrugada a namorada em Baltimore antes de se deslocar a Nova Iorque.

Em conferência de imprensa, o presidente da Câmara da metrópole, Bill de Blasio disse que “quando um polícia é assassinado, isso fere as próprias fundações da sociedade. É um ataque contra todos e tudo aquilo que consideramos precioso, porque dependemos da polícia para nos proteger contra as forças da criminalidade e do mal”.

Três horas antes, Brinsley terá publicado uma mensagem através da conta Instagram na internet onde evocava um ato de vingança pelos casos recentes de indivíduos de raça negra mortos a tiro por polícias brancos, que geraram uma vaga de protestos nos Estados Unidos.