This content is not available in your region

Cuba/EUA: E agora?

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com Lusa/AP-APTN/CCTV
Cuba/EUA: E agora?

<p>Vinte organizações de cubanos no exílio em Miami manifestaram-se sábado contra as “concessões” do presidente Barack Obama, ao “regime” de Raul Castro.</p> <p>O protesto, no centro da cidade, concentrou os ataques no que os participantes qualificaram de “traição” e de “medidas nefastas” de Obama, que acusam de ter claudicado perante o poder de Cuba.</p> <p>“Penso que o que está a acontecer não é mais que uma rendição desta administração para evitar que a democracia chegue a Cuba. São concessões a uma ditadura que não está disposta a mudanças”, disse uma manifestante.</p> <p>No discurso de encerramento da Assembleia Nacional, em Havana, o presidente Raul Castro advertiu que apesar do restabelecimento de relações diplomáticas com os Estados Unidos, Cuba não renunciará ao sistema político socialista.</p> <p>“Não se pense que, para melhorar as relações com os Estados Unidos, Cuba renuncia às ideias pelas quais lutou durante mais de um século”, sublinhou Raul Castro.</p> <p>O discurso de Raul Castro aconteceu um dia depois da Assembleia Nacional ter ratificado, por unanimidade, o restabelecimento de relações diplomáticas com os Estados Unidos, após mais 50 anos de costas voltadas.</p>