Última hora

Última hora

Nova greve na Amazon, desta vez em França

Em leitura:

Nova greve na Amazon, desta vez em França

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da Alemanha, é a vez da França. Os funcionários da Amazon entram em greve.

O sindicato CGT convocou uma paralização para esta segunda-feira em quatro centros de distribuição do grupo norte-americano de venda online, pondo em risco a entrega das encomendas a tempo do Natal.

Os empregados gauleses exigem um aumento dos salários e melhores condições de trabalho. Um sindicalista revela que, em média, um funcionário da Amazon caminha 22 quilómetros por dia e que metade dos 4700 empregados tem contratos temporários.

Nos últimos dias, os funcionários da Amazon em França terão visto um aumento do trabalho, devido à greve de vários dias na Alemanha. As reivindicações são as mesmas nos dois países.