Última hora

Última hora

"Canibal de Montreal" condenado a prisão perpétua

A justiça canadiana condenou a prisão perpétua o ex-ator de filmes pornográficos que matou e desmembrou um estudante chinês, em 2012, em Montreal

Em leitura:

"Canibal de Montreal" condenado a prisão perpétua

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça canadiana condenou a prisão perpétua o ex-ator de filmes pornográficos que matou e desmembrou um estudante chinês, em 2012, em Montreal.

Luka Rocco Magnotta foi considerado culpado pelo crime de homicídio em primeiro grau e só terá direito a pedir a liberdade condicional daqui a 25 anos.

As alegações de demência apresentadas pela defesa não foram aceites e a sentença tornou-se conhecida ao fim de vários dias de deliberações.

Em maio de 2012 Magnotta admitiu ter assassinado o namorado chinês, Jun Lin, esquartejando o corpo com um picador de gelo.

Alguns pedaços foram usados em um vídeo que divulgou na internet. Outros foram enviados pelo correio para as sedes dos principais partidos canadianos, incluindo o do primeiro-ministro.