Última hora

Última hora

Dezenas de pessoas executadas na Índia

Pelo menos 65 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, no nordeste da Índia, numa série de ataques atribuídos a rebeldes de etnia bodo. O balanço

Em leitura:

Dezenas de pessoas executadas na Índia

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 65 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, no nordeste da Índia, numa série de ataques atribuídos a rebeldes de etnia bodo. O balanço é, ainda, provisório já que muitos dos feridos estão em estado grave.

Esta terça-feira, e no espaço de uma hora, quatro ataques coordenados semearam o caos no estado de Assam.

A polícia aponta o dedo a uma fação da NDFB, Frente Democrática Nacional Bodo em resposta à ofensiva que, nas últimas semanas, provocou baixas junto dos rebeldes.

O executivo cumpriu, hoje, um minuto de silêncio em memória das vítimas, a maioria mulheres e crianças.

“Trata-se de um trágico incidente ao qual não podemos ficar indiferentes. É importante restaurar a confiança das pessoas. Nós vamos fazer tudo para garantir que este tipo de situações não se voltem a repetir” refere o ministro dos Assuntos Internos, Iren Rijiju.

Para a população, cabe ao governo impedir este tipo de massacres. Isso mesmo, quiseram lembrar os manifestantes que, esta quarta-feira, saíram à rua em diferentes zonas do país. O objetivo era protestar contra a onda de violência, mas o dia acabou por ficar marcado por confrontos com a polícia e mais mortos.