Última hora

Última hora

Iraque: refugiados Yazidi descobrem valas comuns

Os refugiados estimam que pelo menos 530 pessoas teriam sido mortas

Em leitura:

Iraque: refugiados Yazidi descobrem valas comuns

Tamanho do texto Aa Aa

No Iraque, um grupo de refugiados Yazidi que regressou à sua aldeia-natal no norte do país descobriu várias valas comuns.

Os refugiados decidiram regressar a Hardan depois de combatentes curdos terem retomado a área expulsando as forças do grupo extremista ISIL.

A localidade caiu debaixo do controlo dos extremistas em agosto passado. Ambos os refugiados estimam que as quatro valas comuns descobertas contenham os restos mortais de pelo menos 530 habitantes de Hardan entretanto desaparecidos.

“Isto é uma vala comum. O meu tio de dois dos seus filhos encontram-se aqui, juntamente com 50 outros habitantes de Hardan. Eram todos da minha aldeia”, afirma Haydar Khalif, um refugiado de 26 anos originário de Hardan.

A visita dos refugiados Yazidi coincidiu com a publicação de um novo relatório pela organização de defesa de direitos humanos Amnistia Internacional que destaca os níveis elevados de violência física e psicológica sofridos pelas mulheres da minoria Yazidi capturadas por forças do grupo extremista Estado islâmico.