Última hora

Última hora

Queda do rublo afeta comércio russo

Queda do rublo deixa os russos sem dinheiro para compras de Natal. A situaçao afeta também os turistas.

Em leitura:

Queda do rublo afeta comércio russo

Tamanho do texto Aa Aa

Fazer compras na Rússia tornou-se, repentinamente, muito mais caro.

O rublo, a moeda nacional, entrou em queda e os preços dispararam., sobretudo, porque grande parte dos produtos de grande consumo são importados.

Os corredores dos centros comerciais esvaziaram-se.

Em plena crise, substitui-se o dinheiro, pela imaginação, como diz um moscovita:

“Este ano, estou a tentar comprar mais presentes, por menos dinheiro. E toda a família vai ficar feliz, porque vou mostrar a minha criatividade. Quando há dinheiro, há menos criatividade, entra-se na loja e compra-se, o que parece ser mais bonito. Quando não há dinheiro, somos obrigados a pensar, a usar a imaginação, a fantasia. Ficamos mais criativos”.

Para comprar um euro são precisos mais de 62 rublos. Isto afeta os preços na Rússia, mas estraga também os planos dos turistas. É o caso de uma italiana:

“Isso irá afetar-nos drasticamente, porque estamos a pensar viajar para a Europa e tudo está a ficar mais caro, por causa do valor do euro, contra o rublo. Vamos fazer todas as compras na Europa e agora estamos a comprar apenas as coisas mais necessárias, para enfrentar o frio”.

Uma realidade que se sente, sobretudo, no centro de Moscovo.

E como falta dinheiro para o consumismo, o Natal recupera a velha magia. Pelo menos, até que a crise passe.