Última hora

Última hora

Presidente ucraniano acolhe soldados libertados

Na madrugada deste sábado o presidente da Ucrânia Petro Poroshenko recebeu os primeiros grupos de soldados ucranianos libertados em consequência do

Em leitura:

Presidente ucraniano acolhe soldados libertados

Tamanho do texto Aa Aa

Na madrugada deste sábado o presidente da Ucrânia Petro Poroshenko recebeu os primeiros grupos de soldados ucranianos libertados em consequência do acordo de troca de prisioneiros entre as autoridades de Kiev e os rebeldes pró-russos.

145 soldados ucranianos e 222 separatistas terão sido libertados, segundo as autoridades da Ucrânia.

Recentemente o exército da Ucrânia afirmou que 600 ucranianos estavam nas mãos dos rebeldes.

Petro Poroshenko sublinhou a satisfação de ter sido conseguido que os soldados passem o Ano Novo com as suas famílias:
“Enquanto presidente e cidadão, o meu coração está cheio de alegria. Como vos prometi, vão poder passar o Ano Novo com as vossas famílias e os vossos companheiros de armas. Era o que todos nós há muito desejávamos. Muito obrigado a todos. Viva a Ucrânia!”

O terceiro encontro de negociações entre a Ucânia, Rússia, os separatistas e a Organização de Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), que estava agendado para a passada sexta-feira, foi cancelado. Responsáveis da OSCE disseram que uma nova data deverá ser em breve apontada, com vista a implementar o cessar-fogo.

A guerra separatista, iniciada com a anexação russa da Crimeia, fez na Ucrânia desde abril mais de 4.700 vítimas mortais.