Última hora

Última hora

França põe fim a missão no Afeganistão

A França pôs oficialmente fim esta quarta-feira à missão no Afeganistão, depois de 13 anos de presença militar no país. Numa cerimónia solene, o

Em leitura:

França põe fim a missão no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A França pôs oficialmente fim esta quarta-feira à missão no Afeganistão, depois de 13 anos de presença militar no país.

Numa cerimónia solene, o comandante Philippe Lavigne transmitiu as responsabilidades de controlo e segurança do aeroporto de Cabul ao general turco Mehmet Cahir Bakir. Os turcos deverão agora encarregar-se de formar as tropas afegãs que, dentro de alguns meses, deverão assumir o controlo do local.

Na conclusão da cerimónia, Bakir frisou que os seus homens “se manterão bastante comprometidos com uma transmissão bem sucedida do aeroporto para as autoridades afegãs, oferecendo as suas mais altas capacidades para atingir esse objetivo”.

A missão da NATO terminou oficialmente no domingo, quando a Força Internacional de Assistência à Segurança (ISAF) foi substituída pela missão de treino e aconselhamento denominada “Apoio Firme”, liderada pelos Estados Unidos e composta por 12500 homens.

A ISAF deixa o país na conclusão daquele que foi o ano mais mortífero para o Afeganistão desde a queda do regime talibã, em 2001.