Última hora

Última hora

China: Mortos e feridos no 'réveillon' de Xangai

Em Xangai o ano terminou em tragédia. Uma debandada, momentos antes da meia-noite, provocou a morte a 35 pessoas e ferimentos noutras 48 na praça

Em leitura:

China: Mortos e feridos no 'réveillon' de Xangai

Tamanho do texto Aa Aa

Em Xangai o ano terminou em tragédia. Uma debandada, momentos antes da meia-noite, provocou a morte a 35 pessoas e ferimentos noutras 48 na praça Chen Yi.

Ainda não é claro o que esteve na origem, mas de acordo com testemunhas, alguém atirou notas falsas de um edifício, originando o movimento desordenado de pessoas que tentavam apanhar o dinheiro.

As notas terão sido atiradas de um bar como parte de marketing por ocasião das celebrações do ano novo.

Alguns dos feridos que deram entrada de urgência em unidades hospitalares contaram o que se passou. “As pessoas que estavam em cima de nós empurraram-nos para baixo e não conseguíamos voltar para cima da plataforma. Depois, essas pessoas em cima de nós caíram empurrando-nos.

O presidente chinês, Xi Jinping, ordenou uma investigação rigorosa para apurar a origem da tragédia.

As celebrações de novo ano seguiram adiante na capital financeira daquela que é considerada pelo FMI a maior economia do mundo.