Última hora

Última hora

Epifania celebrada com tradições diferentes por todo o globo

A Epifania representa não só a visita dos Reis Magos, como também a revelação de Deus enquanto homem e o batismo de Jesus Cristo.

Em leitura:

Epifania celebrada com tradições diferentes por todo o globo

Tamanho do texto Aa Aa

Para os Cristãos de todo o mundo, esta terça-feira, 6 de janeiro, foi dia de celebrar a Epifania, uma festa com vários significados.

A revelação de Deus enquanto homem, na pessoa de Jesus, a visita dos Reis Magos ao menino e também o batismo de Cristo por parte de João Batista.

Em Roma, o Papa celebrou uma missa, na Praça de São Pedro, que marcou o fim da segunda época de Natal sob o pontificado de Francisco.

Na Turquia, a tradição voltou a cumprir-se. Vários fiéis mergulharam nas águas do Bósforo para procurar uma cruz de madeira que tinha sido atirada para o mar. A sorte de encontrar a cruz coube a um grego, de nome Yorgo Alexandridis.

Na Bulgária, a festa da Epifania é conhecida como Bogoyavlenie, o que significa “A Revelação de Deus”. Tal como na vizinha Turquia, também na Bulgária a tradiçao ortodoxa manda procurar uma cruz debaixo de água.

Há também uma dança tradicional, executada pelos homens nas águas geladas do rio Tundzha. A cruz é dada ao participante mais jovem na dança, neste caso uma criança de cinco anos.