Última hora

Última hora

"Grexit": Bancos alemães expostos em 23,5 mil milhões de euros

Em leitura:

"Grexit": Bancos alemães expostos em 23,5 mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos alemães têm uma exposição à Grécia de cerca de 23,5 mil milhões de euros, segundo a associação de bancos alemães BdB.

O montante é detido pelo Deutsche Bank, Commerzbank e, sobretudo, pelo banco público KfW, que sozinho contabiliza 15 mil milhões de euros em obrigações helénicas.

Em França, segundo o JP Morgan, o banco mais exposto é o Crédit Agricole, com 3,5 mil milhões de euros, no final de 2013.

A associação de bancos alemães considera que os efeitos de “uma saída da Grécia do euro poderão ser superados melhor do que há dois ou três anos”.

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Rui Manchete, reconhece que a “saída da Grécia da zona euro seria preocupante, mas não trágica” para Portugal.

Desde a reetruturação da dívida grega em 2012, a maioria das obrigações estão na posse de instituições como FMI, BCE e Mecanismo Europeu de Estabilidade Financeira.