Última hora

Última hora

Os prémios da Fundação Cartoon para a Paz

Em leitura:

Os prémios da Fundação Cartoon para a Paz

Tamanho do texto Aa Aa

Em dia de pesar para a liberdade de imprensa, a euronews recorda os desenhadores distinguidos em 2014 pela Fundação “Cartoon para a paz”.

Em dia de pesar para a liberdade de imprensa, a euronews recorda os desenhadores distinguidos em 2014 pela Fundação “Cartoon para a paz”.

A cartoonista egípcia Doaa Eladl foi uma das desenhadores premiadas.

Eladl é conhecida pelos desenhos políticos e a favor dos direitos das mulheres. Alguns dos trabalhos da cartoonista egípcia foram classificados pelas autoridades religiosas como blasfematórios.

Hani Abbas foi outro dos premiados. O artista sírio tem criticado o regime de Bashar al Assad através do cartoon. Foi detido e ameaçado várias vezes e pediu asilo político à Suíça.

“Este prémio não é apenas para a minha pessoa, para Hani Abbas, mas é para todos os que expressam as suas opiniões, é para todos os jornalistas e intelectuais na Síria que enfrentam grandes perigos porque desenham, falam e se exprimem livremente”, disse Hani Abbas.

Durante nove anos, a cidade portuguesa de Sintra organizou o World Press Cartoon, o evento mais importante a nível internacional para a divulgação do trabalho dos cartunistas.

Em 2014, o evento foi adiado por falta de financiamento da Câmara de Sintra.