Última hora

Em leitura:

França: Escolas parisienses sob proteção especial das autoridades


França

França: Escolas parisienses sob proteção especial das autoridades

As autoridades estão mobilizadas ao máximo, não só para capturar os suspeitos de terrorismo, mas também para proteger as populações, em particular, as crianças.

Em Othis, uma pequena vila vizinha de Dammartin-en-Goele, um dos centros de crise, as autoridades municipais estão atentas.

O vice-presidente da câmara, Thierry Chevalier, explica o que se passa na comunidade vizinha: “Eles estão barricados numa pequena empresa que é quase familiar. Conheço pessoalmente o patrão que trabalha com a nossa câmara de vez em quando e fico emocionado por saber que está entre os reféns. Espero que sejam libertados são e salvos”.

As autoridades colocaram várias escolas sob proteção na capital francesa e arredores, como Othis.

“Confinámos o liceu, o colégio, e as crianças estão no interior, em segurança, e vamos tentar retirá-los nas próximas horas com autocarros e transportá-los para o centro da vila onde os podem ir buscá-los. Eles já os tinham tentado ir buscar mas nós pedimos para se irem embora e deixá-los sob nossa proteção”, afirma o presidente da Câmara.

Um pai explica que “tem crianças e através da televisão esta manhã percebi que Dammartin estava sitiada e por isso anulei a escola das minhas crianças por medida de segurança”.

Até ao final da tarde a evacuação estará completa. Todos aguardam o desfecho a operação policial em Dammartin-en-Goele e jogam pelo seguro.

O correspondente da Euronews, Olaf Burns, explica que, à exceção da segurança, ninguém está nas ruas, todos estão sob tensão à espera do que vai acontecer a seguir”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

França: Fim das tomadas de reféns, sequestradores abatidos