This content is not available in your region

Boko Haram: imagens de satélite mostram o que ficou de pé

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Boko Haram: imagens de satélite mostram o que ficou de pé

<p>Duas cidades, praticamente, reduzida a cinzas. Foi desta forma que ficaram Baga e Doron Baga, nas margens do lago Chade, no estado de Borno, no nordeste da Nigéria, após o ataque do grupo radical islâmico Boko Haram.</p> <p>As imagens de satélite divulgadas pela Amnistia Internacional e pela Human Rights Watch deixam pouca margem para dúvidas sobre o grau de devastação.</p> <p>As imagens captadas um dia antes do ataque – a 02 de janeiro – e cinco dias mais tarde permitem ver o pouco que ficou de pé.</p> <p>Os especialistas estima cerca de 4 mil estruturas tenham sido atingidas ou, mesmo, destruídas.</p> <p>Segundo responsáveis de Baga, pelo menos 16 localidades nos arredores da cidade foram incendiadas. Cerca de 20 mil pessoas foram obrigadas a fugir.</p> <p>Vejamos, então, as imagens:</p> <p>1. Imagem de satélite de Baga, no nordeste da Nigéria, captada a 07 de janeiro de 2015</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x738_01-baga-area-overview.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe <p>2. Imagem de satélite de Doron Baga, no nordeste da Nigéria, captada a 02 de janeiro de 2015 numa área com várias estruturas e árvores.</p> <p>Uma outra imagem de satélite a 07 de janeiro de 2015 mostra que todas as estruturas praticamente desapareceram. O nível de destruição é evidente quando comparadas as duas imagens. Também a área verde – assinalada a vermelho – foi varrida do mapa.</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x615_01-b-baga-area-heavily-burned-area-close-up.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe <p>3.</p> <p>1) Imagem de satélite de Baga, no nordeste da Nigéria, captada a 02 de janeiro de 2015. Aqui é ainda visível o telhado de várias estruturas reconstruídas após o ataque em abril de 2013.</p> <p>2) Imagem de satélite de Baga captada a 07 de janeiro revela que esses mesmos telhados desapareceram. A cor negra indica a área queimada. O vermelho a zona verde.</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x616_02-baga-area-heavily-burned-area.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe <p>4. Imagem de Baga captada a 02 de janeiro com os telhados de várias estruturas. O vermelho indica a zona verde.</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x306_03-baga-area-heavily-burned-area-close-up.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe <p>5. Imagem de satélite de uma área residencial em Doron Baga captada a 07 de janeiro após o ataque do Boko Haram.</p> <p>Imagem mostra a destruição de quase todas as estruturas. Doron Baga desapareceu, praticamente, do mapa. O vermelho indica a zona verde.</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x307_04-baga-area-heavily-burned-area-closer.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe <p>6. Imagens de satélite captadas a 02 e a 07 de janeiro de 2015 em Doron Baga, nas margens do lago Chade. Os barcos detetados na primeira imagem desaparecem na segunda imagem. Perto do lago, aparecem a 07 de janeiro dois veículos.</p> <img src="https://static.euronews.com/articles/295402/606x307_05-baga-area-boats.jpg"/> © Amnesty/ DigitalGlobe