Última hora

Última hora

Dakar 2015: Coma e Al-Attiyah são os grandes vencedores, Paulo Gonçalves iguala melhor prestação portuguesa

O Dakar 2015 chegou ao fim e o principal destaque só pode pertencer a Marc Coma. O espanhol chegou a Buenos Aires na liderança e venceu a mítica

Em leitura:

Dakar 2015: Coma e Al-Attiyah são os grandes vencedores, Paulo Gonçalves iguala melhor prestação portuguesa

Tamanho do texto Aa Aa

O Dakar 2015 chegou ao fim e o principal destaque só pode pertencer a Marc Coma. O espanhol chegou a Buenos Aires na liderança e venceu a mítica prova de rali raid pela quinta vez. Igualou a marca dos franceses Cyril Despres e Cyril Neveu, e colocou-se a uma vitória do campeoníssimo Stéphane Peterhansel nas motos.

Paulo Gonçalves terminou na segunda posição e igualou a melhor participação de sempre de um português (Rúben Faria em 2013) mas não deixou de ficar com um certo amargo de boca.

Caso não tivesse sido penalizado em 15 minutos devido à troca de motor na 10ª etapa, certamente teria dado luta a Coma até final.

Rúben Faria foi sexto classificado e Hélder Rodrigues décimo segundo.

Nos automóveis, Nasser Al-Attiyah repetiu o triunfo de 2011. O catari dominou a prova do início ao fim e foi o merecido campeão. Terminou com mais de meia hora de vantagem sobre Giniel de Villiers.

Carlos Sousa completou o rali na oitava posição, Ricardo Leal dos Santos foi 25º.

Nos camiões, Airat Mardeev alcançou a maior vitória da carreira.