Última hora

Última hora

Polícias europeias fazem ofensiva antiterrorista

As polícias europeias declaram guerra ao terrorismo. Bélgica, França e Alemanha foram palco de importantes operações nos últimos dias.

Em leitura:

Polícias europeias fazem ofensiva antiterrorista

Tamanho do texto Aa Aa

Nos últimos dias, a Europa conheceu uma onda sem precedentes de prisões de alegados terroristas com ligações aos grupos radicais islamitas.

A Bélgica, mais precisamente a pequena cidade de Verviers, foi o epicentro das mais recentes operações. A polícia belga desmantelou uma célula terrorista que estaria a preparar atentados contra polícias.

Na operação, morreram dois alegados membros da célula, que estará também por detrás das ameaças contra as papelarias de Bruxelas que distribuem o Charlie Hebdo.

Em França, a polícia deteve 12 pessoas, oito homens e quatro mulheres, que alegadamente deram apoio logístico aos autores dos atentados no Charlie Hebdo e no supermercado “kosher”. As detenções foram feitas em várias localidades dos arredores de Paris.

O ministro do Interior Bernard Cazeneuve anunciou que 120 mil polícias e militares estão neste momento envolvidos em operações de segurança e luta contra o terrorismo.

Na Alemanha, a capital, Berlim, foi palco de rusgas da polícia, contra alegados grupos extremistas. Houve pelo menos duas detenções.