Última hora

Última hora

Ucrânia: Ortodoxos convocam marcha em Kiev

A Ucrânia unida, Em Kiev, numa marcha pacífica em memórias das vítimas do ataque a um autocarro. À iniciativa, convocada pelos líderes religiosos da

Em leitura:

Ucrânia: Ortodoxos convocam marcha em Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia unida, Em Kiev, numa marcha pacífica em memórias das vítimas do ataque a um autocarro. À iniciativa, convocada pelos líderes religiosos da igreja ortodoxa, respondeu igualmente o presidente Petro Porosheko.

Dez civis foram mortos durante um bombardeio contra uma barragem do exército ucraniano no leste separatista pró-russo, no que foi pior ataque desde a entrada em vigor da trégua no dia 9 de dezembro.

“O Exército ucraniano deve permanecer na fronteira com a Rússia, mas não violá-la”.

“Os ucranianos devem ir em frente. As pessoas estão a pedir socorro em Luhansk e dizem que os malfeitores não são os ucranianos, mas os russos e os pró-russos “.

O enviado da Euronews reporta: “Kiev quer vingança, quer recuperar Luhanks e Donetsk e criar segurança dentro das suas fronteiras. Mas a política real dita as regras racionais e obriga a respeitar o acordo de Minsk, até que a negociação acabe por dar os seus resultados “.