Última hora

Última hora

Mali está livre de ébola

O governo do Mali decretou que o país está oficialmente livre de ébola. A declaração do executivo de Bamako foi confirmada pelo máximo responsável da

Em leitura:

Mali está livre de ébola

Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Mali decretou que o país está oficialmente livre de ébola. A declaração do executivo de Bamako foi confirmada pelo máximo responsável da missão da ONU para a luta contra o vírus no país.

O último caso suspeito, que acabou por dar “negativo” nos testes, remonta a 6 de dezembro.

Numa declaração difundida na televisão pública, o ministro da saúde do Mali disse que “depois de 42 dias sem novos casos confirmados e de acordo com as diretivas sanitárias internacionais, o dia 18 de janeiro marca o fim da epidemia de ébola no Mali. A partir de agora, os viajantes e bens [exportados] deixarão de ser submetidos a um tratamento particular no estrangeiro”.

Quarenta e dois dias sem novos casos é o período indicado pela Organização Mundial de Saúde para dar por terminada a propagação do vírus num país.

O primeiro caso identificado no Mali remonta a 23 de outubro e o ébola fez, no total, seis mortos no território.

Segundo a OMS, na Guiné-Conacri, na Serra Leoa e na Libéria, onde o vírus fez mais de 8500 vítimas mortais, o número de novos casos tem-se reduzido drasticamente.