Última hora

Última hora

Políticos e empresários tentam dissipar clima de desconfiança em Davos

“O novo contexto global”, é o tema do Fórum Mundial de Davos, que se inicia esta quarta-feira na Suíça, durante quatro dias. A conferência, que vai

Em leitura:

Políticos e empresários tentam dissipar clima de desconfiança em Davos

Tamanho do texto Aa Aa

“O novo contexto global”, é o tema do Fórum Mundial de Davos, que se inicia esta quarta-feira na Suíça, durante quatro dias. A conferência, que vai reunir mais de 2.500 participantes de 140 países, entre os quais vários líderes mundiais, enfrenta-se a uma queda generalizada da confiança nas instituições.

Um estudo divulgado pelo “Edelman Trust Barometer” revela que a confiança em políticos, empresários, media e ONGs caiu para baixo dos 50% na maioria dos países presentes na reunião.

Para o responsável do evento, Lee Howell, “não há ninguém encarregue de avançar soluções para os conflitos recentes. Não conseguimos vislumbrar uma saída e é algo com que teremos de viver, 25 anos após o fim da ‘guerra fria’ – o facto de que o mundo é multipolar e cada vez mais complexo e sem perspetivas de que as coisas se simplifiquem”.

Um desafio para os intervenientes do fórum, do francês François Hollande, à alemã Angela Merkel, passando pelos novos presidentes da Tunísia e do Egito ou o primeiro-ministro chinês Li Keqiang.

A reunião vai decorrer sob medidas excecionais de segurança na estância de esqui suíça, onde as autoridades encerraram 48km de espaço aéreo.

As questões ambientais, a luta contra o terrorismo, a crise na Ucrânia, assim como as novas revoluções tecnológicas vão dominar a conferência nos próximos dias.