Última hora

Última hora

Quatro suspeitos em tribunal por ligação ao terrorista Coulibaly

Quatro homens, 28 a 22 anos de idade, foram apresentados esta terça-feira diante de um tribunal antiterrorista francês, suspeitos de ter dado apoio

Em leitura:

Quatro suspeitos em tribunal por ligação ao terrorista Coulibaly

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro homens, 28 a 22 anos de idade, foram apresentados esta terça-feira diante de um tribunal antiterrorista francês, suspeitos de ter dado apoio em armas e logística a Amedy Coulibaly, autor do massacre no supermercado kosher de Vincennes e do assassinato de Clarissa Jean-Philippe, agente da polícia municipal.

Os quatro homens fazem parte de um grupo de nove que tinham sido detidos durante a rusga policial da passada quinta-feira no círculo de relações de Coulibaly.

Entretanto, o presidente da câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, deslocou-se esta terça-feira a Paris, para render homenagem às vítimas dos atentados. O político norte-americano depositou uma coroa de flores na sede do jornal Charlie Hebdo, onde os irmãos Kouachi mataram doze pessoas, e no supermercado de Vincennes, onde Amedy Coulibaly assassinou quatro pessoas.

O funeral da jovem agente policial Clarissa Jean-Philippe, abatida por Coulibaly em Montrouge, teve lugar na segunda-feira em Sainte-Marie, Martinica, num ambiente de muita emoção e tristeza.
Uma cerimónia religiosa que contou com a presença do arcebispo da Martinica e reuniu cerca de duas mil pessoas.